QUAL A TAÇA IDEAL PARA ESPUMANTES?

A taça conduz o vinho até a boca e a forma do recipiente realça as características da bebida liberando seus aromas. Ou seja, a taça apropriada destaca as qualidades do vinho. A primeira taça destinada à bebida era a Coupe, também conhecida como Vintage, perdeu a vez para a Flûte, cujo nome remete à flauta nos anos 1960. Alguns apreciadores da bebida afirmam que a Coupe pode interferir na conservação do espumante ao dispersar mais rapidamente os aromas. Já a Flûte, afirmam que poderia não revelar todas a nuances de uma bebida de qualidade ao fazer com que o gás

PRINCIPAIS FATORES QUE INFLUENCIAM NO SABOR E NOS AROMAS DO VINHO

Características dos vinhos

Apreciar os sabores e aromas dos vinhos é uma experiência encantadora, não é mesmo? Mas para quem é iniciante nesse mundo, é importante saber quais são os fatores que influenciam na formação destas características. Os principais fatores são o solo, o clima, as condições de cultivo e produção, e a própria uva.   As propriedades do solo têm um papel fundamental no resultado final do vinho produzido. É o solo que proporciona os elementos nutritivos para a videira. O clima também influencia diretamente a qualidade da uva e claro, da bebida. Em geral o clima ideal é o temperado e

SERÁ QUE OS TINTOS COMBINAM COM A PRIMAVERA?

Vinhos na primavera

Para nós brasileiros, o vinho ainda está muito ligado ao inverno, mas essa bebida pode combinar com qualquer época do ano. As temperaturas mais altas e o frescor da primavera pedem vinhos mais leves, brancos, rosés, ou mesmo os tintos com baixo teor de taninos são ótimos na meia estação e podem ser harmonizados na primavera, basta saber selecionar o ideal para a ocasião.   Sabemos que o frescor e a cor dos vinhos rosés simbolizam perfeitamente a primavera, pois combinam com o clima ensolarado e com os pratos leves da estação como legumes, saladas, frutos do mar e carnes

DICAS IMPORTANTES PARA A DEGUSTAÇÃO DE VINHOS.

Para apreciar um bom vinho, a sugestão para os iniciantes é começar a praticar as etapas básicas, porém, muito importantes na degustação da bebida – análise dos aspectos visuais, sentir os aromas e apreciar o sabor. Acompanhe nosso artigo e vamos juntos conhecer um pouco mais sobre cada uma das etapas.   ASPECTOS VISUAIS Com a bebida servida, incline a taça em um ângulo de aproximadamente 45º. As bordas do vinho – geralmente são mais claras e chamadas de anel. O centro – mais escuro, é denominado olho. As principais características a serem observadas nesse momento são a transparência, a

Como harmonizar vinho e carnes vermelhas?

Vinhos e carnes vermelhas

A harmonização de vinho com carne vermelha é bem conhecida entre os apreciadores da bebida. Mas devemos ter atenção na hora da escolha do vinho, pois existem aqueles que combinam melhor com cada tipo de corte. Para descobrirmos qual é o vinho ideal, devemos analisar a quantidade de gordura presente em cada corte, a intensidade de sabor e a maciez, e claro, sem deixar de dar atenção aos preparos especiais de cada receita, com seus molhos e temperos. Acompanhe alguns exemplos. Contrafilé O contrafilé é um corte bem tradicional, utilizado principalmente para bifes grelhados. Em geral, estes cortes são suculentos

Espumantes e métodos de produção!

Espumantes

Espumante é um vinho, normalmente branco, ou rosé, que passa por duas fermentações. É muito comum as pessoas confundirem o champagne com o espumante. Entretanto, é importante lembrar que nem todo espumante é considerado um champagne, mas o contrário é verdadeiro. O Brasil figura, atualmente, como um dos 4 melhores produtores de espumante no mundo. Na verdade, a palavra espumante é um termo genérico usado no Brasil, Portugal e alguns outros países de língua portuguesa, para se referir às bebidas espumantes que são produzidas fora da região de Champagne, França. Como funciona o processo de produção do espumante? É necessário

SAIBA COMO HARMONIZAR FEIJOADA E VINHO

Feijoada e vinho

Por conta dos ingredientes como bacon, paio, carne-seca, linguiça, a feijoada apresenta sabores intensos e alto teor de gordura. Por isso, exige certa atenção na hora da harmonização. Para acompanhar a feijoada, prefira os vinhos tintos de boa acidez e grande presença de taninos, pois combinam muito bem com esse tipo de prato. Os tintos elaborados com uva Tannat são os favoritos para acompanhar a feijoada, já que são bastante tânicos e estruturados. Os vinhos da uva Cabernet Sauvignon também combinam muito bem com a feijoada, principalmente aqueles que envelhecem em carvalho. Gostou do artigo? Acompanhe nossas redes sociais e

CULINÁRIA ORIENTAL E VINHO COMBINAM?

Culinária Oriental

Você já deve ter ouvido falar que na gastronomia oriental existem vários ingredientes que dificultam a harmonização com vinho, como por exemplo o gengibre e o shoyu. Mas não precisa ficar preocupado, com um pouco de atenção é possível fazer essa combinação e desfrutar de ótimas experiências. Deixamos aqui algumas dicas bem legais e vamos descomplicar isso para você! Vinhos como o Malbec ou Cabernet Sauvignon ajudam a diminuir o sabor salgado dos alimentos. Portanto, em pratos ricos em shoyu, pode ser uma boa ideia servir um vinho com essas características. Já o gengibre tem sabor marcante e traços picantes.

VINHO E INVERNO: UM CASAMENTO PERFEITO.

Vinho e inverno

A bebida pode ser consumida em temperatura ambiente em dias frios, por isso combina muito bem com o inverno, ajuda a aquecer o corpo e harmoniza bem com pratos da estação. É comum que os vinhos tintos encorpados tenham uma presença maior no inverno. Porém, os brancos, apesar de proporcionarem uma sensação de frescor e serem menos solicitados em dias de temperaturas baixas, também podem ser degustados. Há várias indicações ótimas para acompanhar os pratos de inverno como o vinho Montepulciano, Touriga Nacional, Viognier ou mesmo o Rosé. Neste artigo, listamos 7 excelentes sugestões para você degustar acompanhado de pratos

SOPA E VINHO, COMBINAM?

Harmonizando sopa e vinho

Em dias frios de inverno, um prato quentinho como uma sopa é reconfortante e acolhedor, não é mesmo? Como bons apreciadores de vinho, nós queremos degustá-lo sempre e com tudo. Mas será que essa bebida harmoniza bem com sopa? Afinal, é possível combinar os dois? Geralmente, as sopas se tornam um desafio para a harmonização, pois a alta temperatura e textura do prato acabam sendo incompatíveis com as características da bebida. Por esse motivo, vinhos complexos, elegantes e delicados, se perdem entre as colheradas de uma sopa muito quente. Entretanto, cremes ou sopas com leve sabor adocicado harmonizam bem com